13 de mai de 2012

E não é que assistindo ao Viper no Altas horas bateu uma saudade imensa de um passado não tão distante assim. Só que hoje as coisas estão bem diferentes. Há mais ou menos 3 anos juro pra vocês que passaria a madrugada inteira esperando para ver qualquer uma das minhas bandas preferidas em qualquer programa de tv. Hoje não mais. Em especial o Andre Matos, que desde os meus 14 anos de idade eu o acompanho.
Acredite se quiser, mas eu tinha um sonho de menininha: conhecer meu ídolo. E depois de exatos 5 anos, tive meu primeiro contato com ele. Autografei meus cds, fotos, tudo o que podia ou não podia. Cara, FODA!
Daí pra frente, só corri atrás dele. Aonde estava Andre Matos, estava a Rachel Mecenas, e pode-se dizer que eu conheci boa parte do interior de SP por causa dele. Bons tempos. E realmente foram mesmo. Afinal eu estava apaixonada por tudo aquilo que eu estava vivendo. Foi intenso. Foi verdadeiro.
Só que como tudo na minha vida é meio conturbado, toda esta "paixão" acabou. Este cara aí que me fez conhecer SP de "cabo a rabo" já não consegue me fazer ficar acordada até as tantas da madrugada nem ao menos ir a um barzinho na Barra Funda ver esta reunião ( vídeo acima). Será que tô ficando velha?

Um comentário:

Moon Goddess disse...

Gata, não é vc que esta ficando velha...todos estamos, inclusive ele...O publico que curte o viper nao tem mais idade pra ficar acordado ate as 3:30 da manha (eu e a taty ficamos nos falando pelo twitter enquanto rolava) pra assistir eles tocando 2 musicas, sendo que no dia seguinte tem no youtube.

Aposto que se nao tivesse a praticidade da internet hoje em dia todos nos teriamos ficamo acordados e gravado em vhs!!

Bjs gata

te love you