10 de jul de 2014

Ahhh a Europa e seus nem tão ilustres e merecedores visitantes.

E cá eu estou novamente sem saber como este post vai começar ou terminar.
Estou em mais um daqueles dias em que não sei se choro de felicidade ou de tristeza.
Se pulo de alegria ou para disfarçar a ansiedade e o nervosismo.
EU NÃO SEI. MESMO. É SÉRIO.
Já disse que este ano tudo começou diferente, minha cabeça está diferente.
Minhas prioridades já não são  mais as mesmas, só que está tudo acontecendo na velocidade da luz.
Não sei se realmente eu queria isso pra mim e eu mais uma vez estou deixando a vida me levar.
Há tempos tive uma noticia que está difícil de engolir:
Tem uma pessoa que NÃO MERECIA estar no lugar que está.
Sentiu uma "pitada" de inveja no comentário?
Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiimmmmmm, eu estou roendo os cotovelos, tirando as calças pela cabeça, mordendo a minha bunda e dando rasteira em cobra de tanta inveja.
Mas não é aquela inveja de querer que a outra morra, mas uma inveja que mistura a frustração, indignação e raiva ao mesmo tempo. Não por incapacidade, mas simplesmente por não saber como alguém que, prejudicou um amigo, quase me faz perder o emprego, não tem um pingo de caráter, hoje, está na EUROPA, sim, EUROPA.
Cara, não é digna de um presente divino desses, juro. NÃO É.
Eu seria digna deste presente?
Não. Mas pera lá né...
NUNCA eu prometi aos outros o que eu não pude dar.
Eu NUNCA viajei em turnê com o Iron Maiden  "encostada" nos outros, SEMPRE fui  por meios próprios, gastei uma grana violenta com shows, tours e tals, mas sempre foi dinheiro meu.
Graças a Deus, trabalho para ter essas pequenas regalias, ter estes pequenos mimos.
Já outras, precisaram roubar um cartão de débito de uma copeira para ter em mãos míseros R$300.00 sabe-se Deus pra quê, e de quebra, poderia ter tirado o meu emprego.
Meeeeeuuuuu, na boa, queria me ver mal?
Era tão simples, era só chegar em qualquer  festival ( sim estou falando do Live n Louder) e falar com do dono do festival a seguinte frase:
" Por favor, impeça a Rachel Cristina Alves Mecenas de entrar"
Pronto. Acabava comigo.
Mas não, foi ( tentar) acabar comigo me queimando no MEU TRABALHO. SE FODEU.
Minha chefe, além de tudo, era minha amiga de infância.
Um beijo bonita. Once upon a time.
Recentemente nos encontramos, eu a perdoei, mas não quero mais contato, só que  o "mundo heavy metal" é pequeno demais ( a ponto de eu descobrir que meu chefe é amigo de integrantes do Holy Sagga, banda que eu tinha verdadeira adoração) e a noticia veio assim, de bandeja na minha mão.
Garanto para cada um de vcs que eu não sou a unica que estou indignada com isso.
A female cat também está.
FODA mesmo é saber que mesmo uma pessoa de tão baixo nível ( EU NÃO ESTOU FALANDO DE DINHEIRO, E SIM ESPÍRITO) está um um lugar que não é digno da sua presença.
Está comemorando a vitória da Alemanha lá em território alemão mesmo, mas eu TENHO CERTEZA que não está comemorando da mesma forma que eu e a Female Cat ( Female Cat = Karina Christmas)  sabemos comemorar.
Ahhh meu, não engulo essa a seco nem a pau.
Estou engolindo aos poucos, mas a boca está com gosto de ovo cru.
Cheeeeeeeeeeeeeeeega de falar disso que me emputece profundamente.
Já disse que once upon a time my english teacher?
Yes, finish. Lógico que ainda tem um pouco de sentimento aqui dentro, mas falar nele já não me enche os olhos d'água, nem aperta o coração.
Claro que tenho saudades, mas passou.

Agora parece que o coração está ocupado.
Não quero falar muito para não dar merda, até mesmo pq a cabeça está cheia de caraminholas de novo, e desta vez eu não estou disposta a ser o alvo de piadinhas.
E eu já sei que não vai rolar nada.
Tem alguém que eu quero, mas deixa quieto, vai ficar platônico, pq eu também estou prestes a deixar a minha " zona de conforto."  ( Mais detalhes, no final de semana, em um outro post)

Bom, embora eu tenha que estar no trabalho às 11h00 da manhã, preciso dormir.
Só passei aqui para desabafar a minha indignação ( Inveja, talvez)